Fototerapia

São disparados pontos de LED azul e de laser vermelho e infravermelho para a estimulação e a reparação do tecido da derme.

A luz azul é responsável pelo efeito bactericida e também pelo estimulo da água, promovendo uma hiper-hidratação, aumentando a iluminação da face, a tensão superficial e diminuindo as marcas de expressão.

A luz vermelha aumenta a oxigenação dos tecidos, melhora a drenagem linfática da face e tem efeito anti-inflamatório.

O  laser com luz infravermelha que tem seletividade para ser absorvida pela água da região da derme (profunda), onde estão as fibras de colágeno. Após a aplicação a água evapora e as fibras de colágeno se contraem imediatamente, promovendo uma melhora clínica significativa, proporcionando o efeito “lifting”. Estimula ainda a longo prazo a produção de novas fibras de colágeno. Daí sua consagrada eficiência.

O uso da Fototerapia é  bem versátil e pode ser indicado em caso de queda de cabelos, manchas solares, rejuvenescimento e de acne ativa.