Alterações na pele que o uso da máscara podem causar!

Durante os tempos de pandemia, é de extrema importância que todas as pessoas usem máscaras para proteger o rosto e evitar a disseminação do COVID-19. 😷

Porém, apesar de muito importante, ficar com o rosto coberto, por um longo período de tempo pode causar foliculite, oleosidade, machucados e até acne. 😓

Isso acontece pois as máscaras deixam o lugar úmido e quente, ajudando bactérias a se proliferarem. 😤 Mas calma que tem solução! 🙌🏼

Lave seu rosto antes e depois de usar a máscara. Depois de lavar as mãos, você deve lavar o rosto com um sabonete próprio para a pele. Se você tem pele muito oleosa, vale usar um sabonete com ácido salicílico para remover o excesso de oleosidade e células mortas. 🧖🏼🧖🏻‍♂️

Não esqueça de hidratar. O próximo passo é usar um hidratante oil free na região, para que sua pele esteja tanto limpa, quanto hidratada, evitando a absorção desses óleos e da úmidade. 💕

Aposte em tecido de algodão. ☁️ Para reduzir esses efeitos, tente usar uma máscara de tecido leve e respirável, faça intervalos entre usá-las e, se possível, saia para fazer pausas e respire fundo sem a máscara. 🧘🏼‍♂️

Nunca toque na parte externa da máscara e nunca toque na parte interna da máscara para remover com os dedos, a menos que você tenha lavado bem as mãos imediatamente antes da remoção. 👏🏼

É melhor usar apenas os elásticos para colocar e remover a máscara. 😷

Estamos enfrentando isso juntos, mas por trás de nossas máscaras. Que todos nós logo nos libertemos desses encobrimentos e vejamos os belos sorrisos um do outro em breve. 🙌🏼🙏🏼❤️😀

Dra Raquel Vale- Graduada em Fisioterapia pela Univali – Universidade do Vale do Itajaí-SC (2004). Pós Graduação “Lato Sensu”- Especialização em Fisioterapia Dermatofuncional pela Faculdade CBES de Curitiba-PR  (2009). Graduanda em Biomedicina – Uniavan Balneário Camboriú – SC (2019).

Com qual frequência devo fazer a limpeza de pele? ⠀

Bons produtos para amolecer os cravos e técnica adequada no momento da extração fazem a diferença para um bom resultado. 👏🏼

✨ Como é feita: aplica-se um produto na pele chamado emoliente. O creme emoliente associado a um Led azul amolecem os cravos para facilitar a extração de forma mais gentil e delicada.

✨ Tempo de procedimento: 1h30min.

✨ Intervalo ideal: uma vez por mês para as peles com maior produção de cravos e acnes e a cada 3 meses para as peles menos oleosas.

✨ Gestantes: também podem fazer respeitando as substâncias permitidas nesse momento. A limpeza de pele é um excelente mecanismo para controlar e evitar a acne que é tão comum nos primeiros 3 meses de gravidez. 🤰🏼

✨ Acne da mulher adulta: os cravos na região do queixo são grandes vilões no tratamento dessa entidade e a limpeza de pele mensal é de grande ajuda no controle das lesões.

Você costuma fazer sua limpeza de pele com que frequência? 💭

Dra Raquel Vale- Graduada em Fisioterapia pela Univali – Universidade do Vale do Itajaí-SC (2004). Pós Graduação “Lato Sensu”- Especialização em Fisioterapia Dermatofuncional pela Faculdade CBES de Curitiba-PR  (2009). Graduanda em Biomedicina – Uniavan Balneário Camboriú – SC (2019).

A limpeza de pele é um dos primeiros cuidados que costuma-se ter com a pele oleosa, e esse tratamento passa a ser ainda mais importante durante o verão. ☀

Na temporada quente, os dias se tornam movimentados, longos e com as temperaturas elevadas, deixando a região cutânea com uma produção de sebo ainda maior. Além de utilizarmos muito protetor solar. 🔥

Ao fim do dia, o resultado é um rosto cheio de resíduos, sujeira que podem refletir na obstrução dos poros e no surgimento de acne. 😱

Para que a aparência da pele seja saudável e luminosa, é preciso fazer uma boa limpeza de pele em consultório e continuar em casa com cosméticos específicos.

O tratamento remove o excesso de óleo produzido pelas glândulas sebáceas.

Devolve o nível de água necessário para a pele, evitando o efeito rebote – quando as glândulas tentam repor a falta de hidratação com a produção de mais óleo. 💧

Por causa da higiene, esfoliação, hidratação, uso de laser de baixa intensidade e peeling de diamante, ao fim do procedimento a pele apresenta textura suave, aparência uniforme, poros livres de resíduos de maquiagem, suor e protetor solar.

Por isso, algumas manchinhas do rosto ficam visivelmente mais claras ao fim do ritual, já que a pele morta e os cravinhos foram retirados no processo.

 

Dra Raquel Vale- Graduada em Fisioterapia pela Univali – Universidade do Vale do Itajaí-SC (2004). Pós Graduação “Lato Sensu”- Especialização em Fisioterapia Dermatofuncional pela Faculdade CBES de Curitiba-PR  (2009). Graduanda em Biomedicina – Uniavan Balneário Camboriú – SC (2019).