ANSIEDADE

Nós temos algumas emoções básicas, que fazem parte da nossa vida desde que nascemos e são essenciais para a nossa sobrevivência. O medo, por exemplo, é uma emoção primária, ou seja, nascemos com ela. ✓ É um estado neurofisiológico primitivo de alarme envolvendo avaliação que há perigo real ou potencial (por exemplo, situações percebidas como incontroláveis ou imprevisíveis e que podem ameaçar nossos interesses, principalmente vitais). ✓ Promove uma resposta imediata. ✓ Os sintomas fisiológicos (p. ex. agitação, palpitações cardíacas, tensão muscular) são respostas defensivas (p ex. para lutar ou fugir). ✓ O medo como avaliação automática básica de perigo é processo central de todos os transtornos de ansiedade.
Já a ansiedade é uma emoção secundária, ou seja, aprendida. Mas também essencial em nossas vidas. ✓ A ansiedade é uma resposta à emoção primária de medo. ✓ É o estado desagradável evocado quando o medo é estimulado. ✓ Essas respostas são cognitiva (o que eu penso, p. ex. Essa aranha pode ser perigosa), afetiva (o que eu sinto, p. ex. Nervosismo), fisiológica (p. ex. Palpitação, tensão muscular) e comportamental (o que eu faço em relação a isso, p. ex. Chamo alguém para retirar a aranha da minha casa).
Tanto o medo como a ansiedade envolve uma orientação ao futuro de modo que questões de “e se?” predominam. Por outro lado, temos a ansiedade considerada patológica:
✓ Ansiedade e preocupação excessivas, ocorrendo na maioria dos dias, com diversos eventos ou atividades. Obs.: Pensamentos/interpretações inconsistentes com a realidade objetiva causam medo acentuado e excessivo.
✓ O indivíduo considera difícil controlar a preocupação.
✓ A ansiedade e a preocupação estão associadas com inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele; fatigabilidade; dificuldade em concentrar-se ou sensações de “branco” na mente; irritabilidade; tensão muscular; perturbação do sono.
✓ A ansiedade, a preocupação ou os sintomas físicos causam sofrimento significativo ou prejuízo no funcionamento social, profissional ou em outras áreas importantes da vida. ✓ Na maioria casos, ela se desenvolve dentro contexto pressões, demandas e estresses flutuantes vida diária.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s