Estética humanizada e consciente não faz uso de cosméticos com xenobiótico!

Você já parou para ler o rótulo dos cosméticos que utiliza? Nunca se questionou sobre  o que são aquelas substâncias estranhas e desconhecidas ali presentes?

A palavra xenobiótico deriva do grego “xeno = estranho” e “bio = vida”, dessa forma são considerados xenobióticos todas as substâncias consideradas “estranhas à vida”. Essas substâncias são altamente tóxicas ao organismo e representam malefícios à saúde, desde desregulação endócrina (altera os hormônios do corpo), aumento de obesidade, câncer de mama e de ovários, hipertensão, dentre outros.Os compostos nocivos mais conhecidos e presentes nos cosméticos, são: parabenos, propilenoglicol, óleo mineral, formaldeído (formol), triclosan, chumbo e o bisfenol.

PARABENOS: Segundo artigo da revista “Nature”, os parabenos agem como se fossem o próprio hormônio estrogênio, o que contribui para problemas hormonais, alterações de ciclo menstrual e tumores cancerígenos. Em outro estudo realizado em 2004 por pesquisadores da University of Reading, na Grã- Bretanha,  encontrou-se  altas concentrações de parabenos em tecidos retirados de tumores mamários. Também enfatizaram a hipótese que os parabenos agem no organismo de forma similar aos estrogênios, e poderia ser um dos fatores responsáveis pelo surgimento de câncer de mama, já que este hormônio tem influência no aparecimento deste tipo de câncer.

FORMALDEÍDO: ( formol) é um composto orgânico volátil feito a partir do metanol, que é um álcool muito tóxico à saúde. Ele serve para impedir o crescimento de microrganismos em diversos produtos, portanto ele possui ação conservante. Está presentes em cosméticos como produtos para alisamento de cabelo e esmaltes.

TRICLOSAN: é um agente bactericida efetivo contra uma ampla gama de bactérias gram-positivas e gram-negativas, bem como fungos e bolores, amplamente encontrado em sabonetes antibacterianos, pasta de dentes e produtos de branqueamento dentário, antitranspirantes/desodorantes, produtos para barbear e cremes . O uso excessivo desses produtos bactericidas podem promover o desenvolvimento de resistência bacteriana.

CHUMBO: A quantidade de chumbo contida nos cosméticos é regulamentada pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e deve ser menor que 0,6% em tinturas capilares e menor que 20 ppm nos demais cosméticos. O Chumbo é um metal pesado, bioacumulativo,  ou seja, acumula-se progressivamente na cadeia alimentar e o mais preocupante é que não é eliminado com o tempo. Além disso, é tóxico, cancerígeno, prejudicial ao cérebro e ao sistema nervoso. Pode causar alterações no sistema circulatório, levar ao desenvolvimento de anemia e gerar alterações neurológicas. Assim como outros metais pesados está presente na FORMULAÇÃO DE BATONS e outros cosméticos, isso porque eles compõem elementos como os pigmentos e corantes que constam nos mesmos.

Já o ÓLEO MINERAL, que é um derivado do petróleo assim como a parafina, ambos conhecidos e largamente utilizado no mercado dos cosméticos por ser um ingrediente extremamente barato e por  possuir propriedades emolientes e lubrificantes. Ele está presente, principalmente, em produtos para o cabelo, hidratantes corporais e faciais.

O óleo mineral traz inúmeros malefícios para o nosso corpo e principalmente para a nossa pele. Para começar, ele não possui qualquer valor nutritivo, não é absorvido pela pele e por ser inerte e não se dissolver em água ou álcool, o óleo mineral acumula na pele entupindo os poros e favorecendo o aparecimento de cravos e espinhas. Como se não bastasse, o óleo mineral ainda pode causar alergia em muitas pessoas, principalmente em produtos para os olhos.

Percepção, sensação, sensibilidade. Esses são três significados da palavra “estética”, que vem do grego “aisthésis”. Sendo assim cabe a nós profissionais da Saúde e Estética, proporcionarmos tratamentos seguros e eficazes, sempre buscando o que existe de melhor para oferecermos aos clientes. Jamais podemos utilizar produtos em consultório com xenobióticos, mesmo que as informações ainda sejam inconclusivas a respeito dos malefícios dessas substâncias.

Lembre-se, leia sempre o rótulo! Cuide da beleza com um olhar atento para a saúde, e sempre com responsabilidade, pois  é preciso humanizar a estética!

A Clínica Elegance é revendedor autorizado das marcas de Cosméticos, Buona Vita e Cativa Natureza.

Dra. Raquel Vale – Fisioterapeuta pós graduada em fisioterapia dermato funcional e responsável técnica pelo Centro de Saúde e Estética Elegance.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s